sábado, 17 de maio de 2008

Cérebro e Depressão

Eu sempre cultuei o cérebro. Pra mim, o músculo mais importante do corpo. Mais importante que o músculo cardíaco. Tive sempre uma paixão por conhecer pessoas com cérebros brilhantes, diferentes, pessoas que tem um olhar diferente sobre o mundo. Pessoas que sabem usar seu cérebro com muita habilidade e propriedade.

Lembrei de minha tia-avó, com Alzheimer. Ela foi perdendo a batalha pro cérebro dela. Ela tentava se lembrar das coisas, ser mais lúcida. Dizia sempre "Ai, que bom!" quando alguém se esquecia de algo, porque a fazia sentir-se melhor. No fim da vida só dizia pra mim "O Senhor veio me buscar ?", nem lembrava mais quem eu era.

Hoje eu travo uma batalha contra meu cérebro. Irônico. Muito irônico. Eu que sempre desprezei quem usa a cabeça só pra cultivar cabelo, eu que exercitei tanto meu cérebro. Agora tenho que ganhar dele. Vencer a depressão.

Sei que meus 2 leitores devem dizer "ah, toma remédio", ou ainda "vai ao médico". Mas na geração Internet, quem garante que médico não cola na faculdade ?? Eu fui. Na verdade 2 "terapeutas". Não sei dizer se são médicos, mas pessoas se trataram de depressão com esses caras. Os dois me diagnosticaram como "depressivo".

Justo eu que acho que depressão é coisa de "viado". Frescura. Bobagem. Coisa de gente fraca, coisa de pessoas que usam mal o cérebro que tem. Irônico. Daí vem minha decisão: vou lutar. Sem remédio, sem terapeuta. Só eu e o que restou do meu cérebro.

5 comentários:

Luizinho disse...

Falae meu amigo!

Depressão existe mesmo e é brabo passar por ela. Mas nada como a ajuda dos amigos pra isso!

No que precisar sabe que tem amigos aqui no Rio a sua disposição.

Venha passear, curtir a Floresta da Tijuca (estive lá ontem), a Praia da Barra, o Cristo ou até mesmo o Maracanã (não vale vir na quarta..he he)... enfim, no que precisar conte comigo!!

Abraços

Zorn disse...

Cara, com pelo menos um dos seus leitores você pode contar... precisando de ajuda, nao esquece que a gente tá aí para isso...

ubiratan disse...

Ae velho tudo bom? ontem a noite fiz uma consulta qualquer no google e ele indexou seu blog. Gostei do nome e do estilo. Quanto a depressão eu tbm acho que é coisa de viado. Força e resistência, tempos melhores virão.

GS disse...

É eu também pensava que vencer a depressão era fácil, bastava não dar importância, eu tive muitas teorias, fiz vários tratamentos e depois achei que ser assim talvez fosse mesmo o meu eu e o resultado, to mais doida que nunca, :) ah ah!

Anônimo disse...

Skip, é o Silvio aqui, tudobom? tava querendo falar contigo e re-encontrei teu blog. Esse papo de depressão eu sei como é. Acho legal procurrar umrpofissional. Eu estou fazendo terapia ja faz um bom tempo e tem ajudado muito.

cara eu não sei qual email vc usa, vou arriscar, mas qquer coisa escreva pra mim dando um alô:

roleplay_br@hotmail.com

abraço cara!